Como tudo começou

Posted: 4 de novembro de 2014 in Sem categoria

Como a vida começa aos 40 e nunca é tarde para começar, resolvi comprar a sonhada guitarra como presente de aniversário dos 33 anos, para ter alguns anos de prática e começar a vida sabendo tocar guitarra.

Meu requisito era um único: comprar a guitarra brasileira de melhor custo benefício. Um amigo já com anos de experiência na estrada me recomendou a marca Tagima, conversei com outros amigos e todos falaram muito bem da Tagima, Fui pesquisar e me apaixonei pela Tagima TG-530 Woodstock vermelha, uma réplica de Fender Stratocaster com alguns toques do mestre luthier brasileiro que deixou-a fantástica. O melhor, no entanto, foi o preço: R$ 530,00 na Americanas.com.

Enquanto aguardava ansiosamente para a guitarra chegar comecei a pesquisar mais sobre a Tagima e foi quando conheci a incrível vida do mestre luthier Seizi Tagima, que na década de 70, contra todas as adversidades, passou a construir guitarras, criou a Tagima e transformou-a em uma grande indústria. Não bastasse ter criado uma grande marca de importância e destaque no mercado nacional, ele criou uma segunda marca de guitarras, a Seizi!

É em homenagem ao mestre Seizi Tagima que escrevo neste blog, para contar como que o legado do mestre luthier, em suas passagens pela Tagima e agora na Seizi, mudaram minha vida.